Postagens

Mostrando postagens de 2011

Sinceramente

Queria te dizer que eu sinto a sua falta, que quero você comigo quando chove forte ou quando faz frio. Que tenho medo de tempestades e ventanias e que lá fora o vento faz barulho enquanto balança as copas das árvores para lá e para cá. Queria te dizer que carrego uma tempestade comigo. Essa tempestade faz meus sentimentos irem para lá e para cá enquanto o que eu penso faz barulho aqui dentro de mim.

Só queria que você soubesse que fui mais sincera com você do que fui comigo mesma durante toda minha vida. Que te quero livre, que te quero bem. Eu sei, você me pediu para esperar, pra pensar... esperar para um dia ser. Queria te dizer que eu me perco enquanto você se confunde, mas que eu nunca me senti tão perdida e ao mesmo tempo tão certa de que esse é o caminho certo a seguir. 
Me desculpe se eu não souber ser paciente ou não achar palavra para definir todas as coisas que eu não digo. Só te escrevi porque queria te dizer que não quero você longe e não posso deixar que você se perca de …

Fez um ano, eu te amo

faz  um ano
um ano sem tua mão no meu rosto
um ano sem a tua voz calma que sempre me confortava

o tempo passou rápido
ciranda foi girando e girando
nesse meio tempo a roda foi ficando maior
porque muitos pequenos estão aprendendo a cirandar
uma cirandinha, pequena que nem eles
em passinhos que vem e que vão

fez um ano
eu te amo
um ano que você não dança mais comigo, com a gente
mas também não dança mais sozinho
voltou pra ela

e eu amo vocês
um tanto que nem tem tamanho
que é grande demais pra medir

Ser

Aparecer

Me
aquecer

Adormecer

E assim que o dia
amanhecer

Não me esquecer

Pra ser
só ser

A lã e a linha

Às vezes parece que os sonhos que a gente tem vão sendo sufocados à medida que a gente cresce. Tem gente te dizendo o que você deve ser pra ser uma boa pessoa, tem gente te dizendo o que fazer pra ser um bom profissional, tem gente que acha que só anotar e absorver o que dizem é que é bom. 
Não absorva, mastigue. Escolha não engolir se você não gostar. Não aceite sem questionar. Seja. Reflita. Tem muita gente te dizendo o que fazer mas só você sabe o caminho certo, o que te faz feliz. 
Não sufoque seus sonhos, não deixe que apaguem a sua luz. Não deixe de ser aquilo que é pra ser aquilo que esperam de você. Não ignore a sua essência porque, no fundinho, ninguém consegue fugir dela. Se no início da vida não é ela quem dita o que você deve fazer pra ser feliz, no final é ela que te mostra o que você jogou fora. O que você deixou de fazer por você. 
Se você é a ovelha negra, seja e assuma. Nem sempre é bom ser uma ovelha tão branca quanto as outras.

Não se perca

"O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta!E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser. Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente seperde. Não se perca, viu?"




Caio f.

E eu finjo...

... ter paciência.

Meu doce

Ele tinha uma loja de doces e vivia fazendo propaganda das delícias que havia no lugar. Gabava-se, sem falsa modéstia e com aquele sorriso lindo no rosto, que as receitas da avó dele sempre faziam muito sucesso. Eu, como boa gordinha tensa que sou, resolvi um dia ir até lá para provar as tão famosas guloseimas.
Cheguei lá, olhei através da porta de vidro. Ele já havia me visto e sorria. Ah, esse sorriso... se ele soubesse como eu adoro... Entrei. - Mas, meu amor! Você não me disse que era tudo assim, tão colorido! - Sua boba! Claro que disse... vem cá, quero que prove três doces, um deles é um que ainda está em fase de testes. Você vai ser a primeira a provar. Quando eu acertar o ponto e ele estiver enfim finalizado, esse bombom terá o seu nome.
O primeiro que provei era um pirulito de puro açúcar. Depois ele veio com uma barra inteira de chocolate meio-amargo e, por fim, um minúsculo bombom em formato de coração com recheio de pimenta. - Estou tentando combinar o doce do chocolate com a p…

Bandeira Branca

Eram dois soldados e um campo de batalha. Armados até os corações, tomando cuidado ao andar por campos minados, que a qualquer momento poderiam levar tudo pelos ares. Um passo em falso e... BOOM!

Eram dois soldados armados e protegidos. Capacetes na cabeça, espessos escudos em seus corações.
- Corram para as trincheiras! - dizia alguém. E corriam os dois soldados em busca de alguma proteção. Um deles rezava e não conseguia disfarçar o temor, o outro apenas se concentrava nos sons que chegavam cada vez mais perto. BOOM! BOOM! BOOM!
Agora podiam ver a fumaça. BOOM!
O primeiro rezava baixinho: - Senhor, me dê um pouco da coragem de meu companheiro, que não teme o futuro como eu. Ele tem o coração protegido e por isso não teme o que está por vir.
O outro ouvia o colega, mas nada dizia. Apenas reforçava os escudos em seu coração.
Os sons continuavam se aproximando, não havia mais nada a fazer. Até mesmo os mais fortes choraram. BOOM! BOOM!
Então houve uma última explosão e tudo acabou.
Só depois de…

Guerra de Farrapos

farrapos dentro dos olhos
batalhas
diante de ti
e
dentro de mim
vermelho que pulsa

tenta expulsar
o azul
gelado
dos olhos
e os farrapos das mãos

uma batalha
travei
a respiração
perdi

expulsando o azul o amarelo  sol se abriu

apagou-se  o cor-de-rosa

farrapos dentro dos olhos
batalha travada
perdi
venci

uma guerra aqui dentro de mim
ninguém saiu ferido
nem ileso

O amor como deve ser

Não sou teus desamores, teus antigos amores. Não serei para sempre o que fui no passado. Não sou a paciência nem a calma. Não sou aquilo que muitos esperavam de mim, nem esperava ser. Não sinto certeza ou segurança. Não sigo com cautela.
Sou alguém que muda. Muda muito todos os dias para tentar não cometer erros antigos. Sou a saudade que renasce com a sensação de que algo aqui dentro mudou e nunca mais vai voltar a ser o que era. Sou o que penso e o que não digo.
Sou teu... sorriso quando é meu, um sorriso meu por ti. Sou teu abraço e o meu silêncio. Sou meu silêncio. Sou o que ninguém mais vê. Sou a água e o vinho, sou o que sinto. Sou o que não é eterno, eu sou o amor.
Sim, o amor é perecível. Teu amor de hoje não será o amor eterno ou o amor da tua vida. Você só descobre quem foi o amor da sua vida - e se teve algum amor - alguns segundos antes de morrer, quando o filme das tuas memórias passa através dos teus olhos relembrando os momentos que fizeram você se sentir vivo. Uma bela ir…